ATM | Associação de Investidores

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Error
  • Error loading feed data.
Comunicados

Este espaço, reservado a Comunicados, tem por objectivo estreitar o relacionamento entre a Associação, os seus Associados e o Mercado em geral, criando uma plataforma quer permita o desenvolvimento de uma comunicação próxima, rápida, organizada, pesquisável e adaptada às características e necessidades específicas de cada Utente.

O conjunto da informação disponibiliza nesta secção de comunicados procura proporcionar um melhor esclarecimento e informação relativa ao funcionamento da Associação, nomeadamente sobre as suas actividades, intervenções, desafios, objectivos e, assim, reforçar a ligação com os seus Associados e com o Mercado em Geral.

Receba os nossos comunicados  no seu correio electrónico. Basta indicar o seu endereço de correio electrónico no nosso formulário do Sistema de Difusão que encontra no  menu do seu lado direito.

Para visualizar Comunicados mais antigos por favor aceda aqui.



[Lesados BES] reclamação de créditos no processo de liquidação

E-mail Print PDF

Como é certamente do vosso conhecimento, o Novo Banco tem avisado os Clientes de que o prazo para a reclamação de créditos no processo de liquidação do BES termina no próximo dia 8 de Março.

Os accionistas do BES e titulares de obrigações subordinadas não são, como tal, credores do Banco e apenas teriam direito a receber a quota de liquidação após o pagamento de todos os credores.o

Todavia, podem reclamar créditos, naquele processo, com fundamento em factos ilícitos do BES, geradores de responsabilidade civil.

Na verdade, é hoje claro que a Administração do BES tinha conhecimento, pelo menos, a partir de Outubro de 2013, da falsidade das contas da ESI e da Rio Forte, como, aliás, o próprio Ricardo Salgado reconheceu na Comissão Parlamentar de Inquérito, com reflexos importantes no balanço do BES,

Last Updated on Thursday, 21 February 2019 13:33 Read more...
 

Providencia cautelar contra o BPI - aquisição potestativa 490 CSC

E-mail Print PDF

A ATM, Associação de Investidores, suporta e apoia o requerimento de uma providência cautelar apresentada por uma sua associada no tribunal judicial da comarca de Vila Nova de Gaia, Juízo de Comércio, contra o Caixabank, S.A ("Caixabank").

supra referida providência visa assegurar a efectividade do direito de propriedade (consagrado no artigo 62.º da Constituição da República Portuguesa) ameaçado pelas pretensões e acções do Caixabank e acautelar o irreparável risco de lesão que decorre do comportamento deste ao pretender exercer, sem legitimidade, o direito de aquisição potestativa previsto no artigo 490.º do Código das Sociedades Comerciais ("CSC") sobre os valores mobiliários representativos do capital social do Banco BPI S.A. ("BPI") que ainda não consegui adquirir ("acções remanescentes").

Em 14 de Dezembro de 2018 a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários ("CMVM") deferiu a perda de qualidade aberta do Banco BPI.

Last Updated on Thursday, 20 December 2018 14:55 Read more...
 

ESMA Announced the new members of is Securities and Market Stakeholder Group

E-mail Print PDF

On 6 December the European Securities and Markets Authority (ESMA) announced the new composition of its Securities and Markets Stakeholder Group (SMSG).

BETTER FINANCE thanks and congratulates ESMA for improving on the consumer and retail user representation within the SMSG, now at 11, up from 9 in the previous stakeholder group.

With this new composition, ESMA is trying to live up to the spirit of EU Regulations governing European Financial Supervision that require a balanced proportion between industry representatives and retail user ones. The new composition also moves in the direction of the EU Parliament draft report on the reform of EU financial supervision which proposes and equal number of industry representatives on the one side, and of user and employees of financial institutions on the other (11 retail user and consumer representatives versus 12 financial market and SME representatives, with the 9 remaining members representing academics and employees).

Read more...
 

FORTIS: ruling of the Court of Appeal of Amsterdam

E-mail Print PDF

On the 13th of July the Dutch Court of Appeal endorsed the agreement between Ageas, the legal heir of Fortis, and the organisations representing the abused shareholders. A deal has been reached ten years after the dismantling of Fortis, with a sum of € 1.3 billion on the table to compensate the shareholders who will be finally able to recover part of their losses.

The Netherlands is the only country in the European Union to have an effective collective redress mechanism in place thanks to which defrauded Fortis investors throughout the EU were able to request compensation.

 

Please find more information with regards to the ruling of the Amsterdam Court of Appeal in attachment or read the ruling here.

 
More Articles...
  • «
  •  Start 
  •  Prev 
  •  1 
  •  2 
  •  3 
  •  4 
  •  Next 
  •  End 
  • »


Page 1 of 4

LOGIN DE SÓCIO

DIFUSÃO DE INFORMAÇÃO


RSS
YouTube
Junte-se ao nosso grupo
Junte-se à nossa rede
Siga-nos
{alt}